Quais as vantagens do Rancher e sua relação com o Kubernetes?

Rancher 14 de Jul de 2022

Como uma plataforma open source de orquestração de múltiplos clusters, o Rancher lida com os desafios operacionais no gerenciamento de vários clusters Kubernetes ao mesmo tempo. Desde a sua aquisição pela SUSE, em 2020, a plataforma tem otimizado sua oferta de ferramentas integradas para executar workloads em containers.

Dessa forma, o Rancher ajuda os times de desenvolvimento engajados na cultura DevOps a adotarem o Kubernetes da maneira mais simples e escalável possível. Ele é capaz de fazer isso oferecendo uma pilha de software completa que simplifica e aprimora o processo de gerenciamento de clusters Kubernetes em vários ambientes de nuvem, sejam eles públicos, privados, bare metal ou mesmo em cenários híbridos.

O Rancher adiciona uma camada completa de gerenciamento de workload e User Interface (UI) ao Kubernetes, o que simplifica sua adoção e integração a um pipeline CI/CD, e também a outras tecnologias de dados e monitoração que usamos na O2B, como Prometheus, Grafana e Fluentd.

Fonte: rancher.com


Ou seja, enquanto o Kubernetes oferece recursos avançados de dimensionamento para garantir o desempenho e a alta disponibilidade da aplicação, sua funcionalidade se concentra no gerenciamento de recursos em um único cluster. O Rancher, por outro lado, é uma plataforma projetada para gerenciar vários clusters Kubernetes, também para dar visibilidade a tudo que está sendo executado em um cluster.

Vantagens do Rancher

  • Alta Disponibilidade: O Rancher pode ser implementado em alta disponibilidade (HA) e assim garantir um ambiente de gerenciamento resiliente.
  • Interface de gerenciamento: Conta com uma interface web intuitiva (UI) com muitos recursos visuais para facilitar a gestão do ambiente.
  • Multi ambientes: Suporta o gerenciamento de cluster Kubernetes nas principais clouds públicas e ainda conta com um ecossistema completo para deploy de cluster em datacenters ou onde quiser.
  • Multi orquestradores: Suporta trabalhar com Docker, mas também com Containerd e Cri-o que são os motores mais conhecidos para execução de containers.
  • Integração com as principais clouds: Suporta integração com os principais provedores de cloud pública, tais como AWS e Azure; conta com um projeto próprio chamado RKE e permite o deploy de clusters gerenciados em qualquer lugar ou servidor.
  • Serviços: Facilita a gestão de serviços e de endpoints internos da aplicação, além de adicionar suporte nativo a service mesh com Istio, literalmente com poucos cliques.
  • Catálogo de serviços: Dispõe de um catálogo completo de aplicações que podem ser adicionadas ao seu ambiente, tais como: MongoDB, Redis, RabbitMQ, Kafka e muitos outros.
  • Load balancer: Gerencia load balancers na camada de aplicação e redes.
  • Repositórios de imagens: Permite a adição de repositórios de containers para acesso seguro por parte das aplicações.
  • Storage: Gerenciamento de volumes de diversos tipos suportados nativamente pelo Kubernetes e ainda conta com um projeto chamado Longhorn para gestão avançada de volumes com replicação de dados, backups e muito mais.
  • Controle de acesso integrado: Com ele conseguimos gerenciar usuário e suas permissões para os clusters, projetos e namespaces. Também contempla integração com diretórios externos de usuários como AD e LDAP.
  • Logs de auditoria: Facilita a visualização de informações essenciais para a gestão dos clusters.
  • API de gerenciamento e webhooks: Permite a operação via API Restful para os clusters e conta com integração com qualquer outra solução que suporte webhooks.
  • Acesso à containers: Fornece acesso direto a containers via interface.
  • Logs e acesso ao bash do container: Permite a visualização dos logs das aplicações em tempo real para cada container, assim como o login no shell do container para realizar testes e validações em tempo real.
  • Documentação: Possui documentação oficial


Conclusão

Ter uma plataforma para centralizar o gerenciamento dos ambientes Kubernetes e prover uma solução completa dentro do ecossistema de containers é uma vantagem bastante interessante que o Rancher oferece. A aquisição pela SUSE também agrega maior segurança e confiança no atendimento ao suporte oficial do software.

Como parceira de negócios da Rancher, a O2B utiliza sua plataforma como interface administrativa padrão para acelerar e escalar a entrega de novos Produtos Digitais com enorme aceitação de mercado. Quer saber mais? Entre em contato conosco!